domingo

Cartas pra você


Eu acredito que inspirações partem das cores, dos desejos, daquilo que possamos ter...

Toda vez que eu pinto... isso ajuda na minha inspiração, ajuda a conseguir o que desejo, porque pintar pra mim e como beber para os outros, me ajuda a ter coragem, me liberta do medo.

Ontem eu tentei pintar tudo isso, tentei pintar você

Mas sabe de uma coisa? As cores não são bonitas o suficiente... 

Seu amor vai além do que eu posso dizer, vai além do que posso imaginar, seu amor vai alem de tudo.

Com Amor,
Luiz Claudio
Baseado em Beyoncé Interlude e sob o som de Bella's Lullabye.

sábado

Our brand

Vivemos em um mundo onde tudo depende da sua esperteza, da sua agilidade. Ninguém não está nem ai para o que está sentindo ou passando, se você for o concorrente independentemente do que for  preciso a pessoa passará por você e nem se importará. Então, passe a lutar pelo o que você pensa, pelo o que você acha certo,  mesmo estando errado, lute pelo seus ideais, o que vale na vida são as atitudes e não só os pensamentos e sentimentos. "Não importa o que você faça, de uma forma ou de outra, você deixará a sua marca no mundo!" (Luiz Claudio). O que importa é que você tem que fazer, desde que, é claro, seja uma coisa boa e agregue ao mundo.Você vai cair, vai tropeçar, vai sofrer, vai comer o pão que o diabo amaçou, mas me diga, existe vitória sem sofrimento? "Ah, mas vai dizer isso pra quem sofre!" (Um amor pra recordar) Está vendo? É por ter pensamentos assim que você não vai pra frente. "Deus não dá problemas sem soluções!" (Não sei, rs.) O que ele quer é você lute, lute com todas as suas força e deixe a sua marca no mundo. Você estava aqui, você está aqui e logo não estará mais. "É quando você pode construir uma ponte de luz, é o que transforma o errado em tão certo, é quando você não pode desistir da luta". (Pink) "O que eu quero dizer é que vou viver cada dia até eu morrer e saber que eu tinha algo na vida de alguém, o coração que eu me toquei será a prova de que eu deixo, que fez a diferença e este mundo vai ver". (Beyoncé) No final das contas o que vale é aquilo pelo qual você lutou, é aquilo que você achava que era certo e não hesitou em mostrar ou dizer o que achava a respeito. Então, meu caro(a), não importa o que você faça, de uma forma ou de outra, você TEM deixar sua marca nesse mundo!

Sacrifício


Como de costume, lá estava ela no banquinho próximo à escola, lendo o seu livro de romance. Um rapaz resolveu se sentar ao lado dela:
- O que estais lendo?
- Romeu e Julieta.
- Gosta de romances?
- Não. Mas na teoria até que funcionam bem.
- Ora moça, claro que não. Amor, romance e essas coisas são boas.
- Não. Para mim não.
- Machucada? Dores de amor moça?
- Talvez.
- Me conte.
- Não.
- Por que, menina?
- Não tem o que contar.
- Claro que tem, moça.
- O que?
- Por que teus olhos não brilham mais? Por que esse sorriso tão forçado? Porque essa frieza toda?
- Porque é como em Romeu e Julieta, moço.
- O que? O amor que sente por alguém?
- Não, o mesmo mundo cruel. Onde tudo morre, tudo acaba um dia.
- E o que te fazes pensar isso, menina?
- A morte.
- Tu desejas a morte?
- Não, morta eu já estou, mas nunca perceberam, assim como Julieta, viva, porém morta por dentro. Mas tão morta quanto Romeu por fora.
- Nossa, o que houveste?
- Já que quisestes ouvir, meu caro, então é somente isso. Sacrifiquei-me por quem amo, mas diferente de um livro, esse sacrifício não foi retornado como esperado, e isso, dói mais que a morte, por dentro ou por fora, moço.

segunda-feira

Desejo da carne


Eu ia fazer um post com a música de Pink, mas resolvi deixar pra depois. Porque ele acaba sendo um texto de ajuda, ou sei lá como classificar. E este tipo de texto não é pra mim agora, porque estou em momento meio safado, então publicar algo de ajuda não vai resolver, a não ser que essa ajuda seja... Enfim, às vezes o desejo da carne é tão forte que não controlamos e temos um momento 'íntimo' com nós mesmo, acho que me entenderam e não adiantam dizer que não têm esses tipos de desejos porque ninguém é santo, todo mundo sente o desejo da carne. Alguns recorrem aos supostos vídeos da internet, outros a revistas escondidas debaixo do colchão, outros, ou melhor, outras, recorrem ao seu próprio vibrador. Momentos assim, são importantes porque é ai que conhecemos mais o nosso corpo. É um pecado? COM CERTEZA! Mas qual ser humano vive sem pecado? Ninguém, óbvio!
Algumas pessoas pessoas vão se assustar com esse tipo de post, talvez sejam virgens mentalmente, nunca imaginaram algo do tipo, mas enfim, tudo tem uma primeira vez. Como ia dizendo, esse momento 'íntimo' nosso, é ótimo para relaxarmos, quebrar um pouco a tensão do dia-a-dia e curtir o seu prazer, é como dormir, repõe as suas energias.
Bom, acho bom parar por aqui porque senão vira um post de pornografia e esse canto aqui não é isso, só em minha cabeça masculina, como vocês mulheres dizem: Homens... e blá blá blá!

Frases, trechos de músicas, trechos de filmes e afins


A palavra é o meu domínio sobre o mundo. (Clarice Lispector)

De repente a gente se encontra numa esquina, num outro planeta, no meio duma festa ou duma fossa, a gente se encontra, tenho certeza. (Caio Fernando Abreu)

Quem nunca saiu com o cara errado que atire a primeira pedra! Mas atire nele, por favor! (Tati Bernardi)

Todos querem o perfume das flores, mas poucos sujam as mãos para cultivá-las. (Augusto Cury)

Às vezes o amor dura, mas às vezes ele fere. (Adele - Someone Like You)

Então quando mundo estiver me guerras, deixe o nosso amor curar a todos (1+1 - Beyoncé)

E todas as coisas que queria ter dito são tocadas repetidamente até tornarem-se loucura na minha cabeça. (Youcould be happy - Snow Patrol)

Quando uma árvore é cortada ela renasce em outro lugar. Quando eu morrer quero ir para esse lugar, onde as árvores vivem em paz (Tom Jobim)

Não ligo que me olhem da cabeça aos pés, porque nunca farão a minha cabeça e nunca chegarão aos meus pés (Bob Marley)

As mais belas frases de amor sã ditas no silêncio de um olhar (Paulo Coelho)

Eles me ensinaram o significado da lealdade, e a nunca esquecer aqueles que amamos (Sempre ao seu lado)

Às vezes perder o equilíbrio por amor faz parte de viver uma vida em equilíbrio (Comer Rezar Amar)

Não se pode substituir ninguém, porque todo mundo é uma soma de pequenos e belos detalhes. (Antes do Pôr-do-Sol)

Nunca falhei com ninguém em que acreditasse. (Marilyn Monroe)

Eu não posso acreditar nas coisas, elas não acreditam em mim (Marilyn Manson)

A amizade é um amor que nunca morre (Mário Quintana)

Purifica teu coração antes de permitires que o amor entre nele, pois até o mel mais doce azede em um recipiente sujo (Pitágoras)

Deve-se temer mais o amor de uma mulher, do que o ódio de um homem (Sócrates)

Quando você é criança você é tão ingênuo a ponto de achar que ser adulto é legal (Pc Siqueira)

Essas são algumas frases de música, pensadores, filmes favoritos meus. Eles refletem mais ou menos o que eu penso e sinto. Não consigo como eles expressar os mesmos de forma alguma, nem falas ditas, escritas... Somente pensadas que acaba não valendo de nada porque são expressas somente pra mim. Então, recorri as suas frases, aos seus trechos de músicas, aos seus trechos de filmes para que simbolicamente expresse (que mania dia ficar falando de expressão é essa minha?) de tudo um pouco.

quarta-feira

Debaixo do pé de figueira


Todos diziam que ela era estranha, fechada, metida, às vezes; todos sabiam julgá-la. Mas de uma coisa ninguém sabia... Os seus problemas, as suas dificuldades, os seus sofrimentos, as suas tristezas, todos ocultos, os seus sentimentos. Ela simplesmente vestia uma manta que tampava todas essas coisas e saia. Mas existia um lugar onde ela esquecia tudo e todos, junto com o seu querido amigo. Um lugar onde ela viajava com ele para todo e qualquer lugar. Um lugar onde ninguém a encontrava, exatamente como ela queria... Debaixo do pé de figueira.

sexta-feira

Aquela que se foi...


No verão, depois do Ensino médio no nosso primeiro encontro, nós nos beijamos no meu Mustang sob o som de Radiohead e no meu aniversário de 18 anos fizemos tatuagens iguais. Costumávamos roubar o bebidas dos meus pais e subir para o telhado, falar sobre o nosso futuro como se soubéssemos de algo, mas nunca planejei que um dia eu perderia você.
Eu era Johnny Cash e você era minha June, nunca um sem o outro, nós tínhamos feito um pacto. Então quando às vezes eu sinto sua falta, coloco aquelas músicas para tocar... Soube por terceiros que removeu a sua tatuagem e quando soube disso, percebi que eu não era mais o seu amor.
Todo esse dinheiro não pode comprar uma máquina do tempo, não posso te substituir com um milhões de anéis; eu deveria ter te dito o que você significava para mim, porque agora eu pago o preço por perder você.


Katy Perry - The one that got away

Remember


Certo dia uma amiga me passou o link de um vídeo com uma música simplesmente tocante, sabe aquela música que vai lá no fundo e te toca como uma ponta de agulha, então, foi exatamente assim. E a ouvindo sem perceber um lágrima desceu, e depois outra, e depois outra, e quando dei por mim estava, talvez, em prantos. Porque? LEMBRANÇAS! Lembranças das coisas já vividas, dos momentos já sofridos e ainda vou sofrer, da supostas amizades que se foram com o tempo e por incrível que pareça eu já tive muitos amigos, muitos mesmo, mas eles se foram com o tempo, hoje eles vivem apenas em uma parte da minha memória na qual eu prefiro não tocar. Mas voltando a música, ela conseguiu tocar em toda e qualquer memória dentro de mim, que acarretou nessas lágrimas. Essa amiga me disse: "Simplesmente é o que acontece quando ouvimos algo (muito bom, diga-se de passagem) com a alma." E é verdade, quando fazemos algo com a alma, quando sentimos fé com a alma e não simplesmente com o racional, tudo é diferente, tudo fica melhor.

Sim eu chorei, chorei com a alma. Vergonha? Não sinto. Frescura? Nem um pouco. Sentimentos? Sim e são sinceros e verdadeiros. Confuso? Estou. Afinal quem nunca esteve ou está confuso? Quem nunca teve um momento conturbado e, talvez, sem saída? Se não teve ainda, se prepare, todo mundo tem um momento assim. Reclamar? Confesso que fico furioso com isso, porque não é nada bom sentir isso e acabo reclamando, reclamando muito, mas depois eu paro e penso: "Tudo tem um motivo para acontecer, há males que vem para bens, Deus sabe o que faz, não vitória sem sofrimento, e no final das contas tudo se resolve." E esse pensamento acaba me consolando...


Esse é o link do vídeo que ela me mostrou, como ela disse, vale a pena assistir: The Moutain

quinta-feira

Aprendendo a viver


Foi então que eu descobri...
Que é preciso amar pra ser feliz;
Que é necessário lutar para conseguir;
Que é preciso tornar os sonhos realidade;
Que de vez em quando vou cair
e sempre vai ser necessário me reerguer;
Que não existe amor perfeito,
mas quando amamos aprendemos a suportar as falhas;
Que nem sempre as pessoas vão fazer
o que esperávamos delas, quem manda é o coração;
Um dia na nossa vida agente acaba aprendendo,
a amar de verdade, a demonstrar nossos sentimentos,
a ser autênticos, a aceitar as pessoas como elas são.
Então aprendemos a viver.

Fran Paiva

sábado

Terra do Nunca


Resolvi fugir de casa para sempre amém.
Acordei e pus a mochila nas costas. Dentro dela, uma lata de ervilhas, uma maçã e um livro. Destino? Não.
Nada importa agora; nem pessoas, nem casa e nem comida. Serei anti social até o pôr do sol. Sei caminhar até o portão de casa. Depois disso, a estrada é completamente desconhecida.
Na cozinha, encontrei minha mãe.
- Vou fugir de casa para sempre – disse.
- Quando voltar toque a campainha, meu filho.
No caminho até a porta, perguntei-me qual parte do “para sempre” ela não compreendera. Passei do portão, enfim. A chuva começou. Com ela, os trovões. Com eles, meu medo.
Virei-me e hesitei por exatos três segundos em apertar a campainha. Meu lado racional insistia em não fazê-lo, mas como sempre foi vencido pela emoção. Ouvi o barulho do portão sendo destravado e corri imediatamente para os braços de minha mãe.
- Eu estava fugindo para a Terra do Nunca, mãe.

Henrique de Paiva Resende


Quando eu li esse texto, logo de primeira impressão, eu achei engraçado, porque em tudo tento encontrar humor e divertir com o tal. Mas depois que o li novamente, achei de certa forma um pouco triste, porque me vi em alguns pontos, pontos esse que no momento em que faltou coragem no personagem com continuar na sua fuga, falta coragem em mim para correr atrás do que almejo, e isso é triste sim. Ir em busca da Terra do Nunca não é algo impossível, talvez seja, mas aos olhos de quem não sonha ou não sabe sonhar. Cada um tem pra si um tipo de "Terra do Nunca", basta acreditar e ir. É estranho eu falar isso, justo eu que não tenho coragem, mas é a verdade.

segunda-feira

You're gone ...


Imagens nossas espalhadas pelo chão, procuro o telefone porque eu não consigo lutar mais e eu me pergunto se eu passo pela sua mente como você passa pela minha. São uma e quinze, estou completamente só e eu preciso de você agora. Disse que eu não ligaria, mas eu perdi todo o meu controle. Eu não sei como sobreviver...

Você se foi sem ao menos dizer um Adeus. Eu sei que tenho um coração inconstante e amargura, um olhar errante e peso na minha cabeça. Mas você não se lembra, ou lembra? A razão que me amou antes, por favor lembra de mim mais uma vez. Sinto que você está me apagando completamente da sua memória; muitas vezes penso onde eu errei, e quanto mais eu penso, menos eu sei. Eu não sei porque eu estou assustado, já senti isso antes. Cada sentimento, cada palavra...

Nunca tinha sido um garoto acostumado a chorar, não demostrava emoções, não sei porquê, não queria sentir a dor interna, eu acho. Mas como os anos tem passado, você veio e mudou minha mente.

Eu ainda acho que poderíamos... porque eu e você, somos bons. Eu poderia oferecer a você um abraço caloroso para fazer você sentir o meu amor. Eu poderia fazer você feliz, fazer os seus sonhos se tornarem realidade, mas você se foi, sem ao menos dizer Adeus...


Mistureba de algumas músicas de Adele

sábado

Alguém como você


Eu ouvi dizer que você está estabilizada, que você encontrou um garoto e está casada agora; eu ouvi dizer que os seus sonhos se realizaram, acho que ele lhe deu coisas que eu não dei. Velha amiga, por que você está tão tímida? Não é do seu feitio se refrear ou se esconder da luz. Eu odeio aparecer do nada sem ser convidado, mas eu não pude ficar longe, não consegui evitar. Eu tinha esperança de que você veria meu rosto e que você se lembraria que pra mim não acabou. Deixe para lá, eu vou achar alguém como você, não desejo nada além do melhor para vocês dois. Não se esqueça de mim! Vou lembrar de você e dizer:"Às vezes o amor dura, mas, às vezes, fere"

Pra você ver como o tempo voa, ontem mesmo foi o momento de nossas vidas; nós nascemos e fomos criados numa neblina de verão unidos pela surpresa dos nossos dias de glória. Eu odeio aparecer do nada sem ser convidado, mas eu não pude ficar longe, não consegui evitar. Nada se compara, nenhuma preocupação ou cuidado, arrependimentos e erros, são feitos de memórias. Quem poderia ter adivinhado o gosto amargo que isso teria? Mas deixe para lá, eu ainda vou achar alguém como você...

Adele - Someone Like You


Eu tinha que fazer um post com a letra dessa música, porque simplesmente eu não tenho palavras para descrever o que essa música diz, aliás, ela já disse por mim.

sexta-feira

Decisões e Mudança


Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassar qualquer entendimento.
Clarice Lispector

Escolhi essa frase para fazer esse post, porque ela é a que mais defini o meu momento, momento esse onde eu preciso acordar, botar o pé no barranco (como dizem os meus pais) e decidir o que eu quero pra minha vida. Parar de permitir que decidem por mim, "porra", a vida na verdade é de quem? Confesso que em certas decisões eu tenho medo, mas "caralho", preciso enfrentar esse medo, ou caso contrário viverei assim, em cima do muro, no meio termo, tudo no meio. Preciso de mais, tudo no topo, assim talvez, eu esteja satisfeito.

E para encerrar o meu post, coloco mais uma frase da Clarice: "Minha força está na solidão. Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite." Assim eu estarei em... 3... 2...1...

quinta-feira

Namore um cara que escreve


       Namore um cara que escreve, porque ele sempre terá em mãos um poema feito a mão, com sua letra, para recitar para você enquanto você deita em seu colo sob o seu olhar. Porque ele sempre terá em pensamentos, histórias fresquinhas pra passar para o papel e lhe dar para que leia, tenha certeza do que estiver escrito lá terá sentimentos, afinal, foi pensando em você que escreveu ela. Namore um cara que escreve, porque ele também ler e se ler, ele sempre terá uma histórias românticas para lhe contar. Um cara que escreve, fará histórias de aventuras para contar aos seus filhos, um cara que escreve ele se preocupa com o próximo, porque em suas histórias seus personagens são atenciosos com sua alma gêmea e seus personagens reflete no que ele é. 

Baseado no texto "Namore uma menina que lê"

quarta-feira

Ela Será Amada

Rainha da beleza de apenas 18 anos, ela tinha alguns problemas com si mesma, ele sempre estava lá para ajudá-la e ela sempre pertenceu a outra pessoa. Eu dirigi por milhas e milhas e acabei em frente a sua porta, eu tive você por tantas vezes, mas de algum jeito, eu quero mais. Eu não me importo de passar todos os dias do lado de fora, na esquina da sua casa, na chuva. Dê um toque na minha janela, bata na minha porta, eu quero fazer você se sentir bonita, eu sei que eu tendo a ficar tão inseguro, mas isso não importa mais. Nem sempre são arco-íris e borboletas, é o compromisso que nos move juntamente. Meu coração está cheio e minha porta sempre aberta, você pode vir qualquer hora que quiser. Eu sei onde você se esconde, sozinha no seu quarto, sei todas as coisas que fazem você ser quem é, eu sei que adeus não significa nada. Volta e me pede pra que a segure toda vez que cair, por favor, não se esforce tanto pra dizer adeus.

(She will be loved - Maroon 5)

Amigos e parentes


(...) Me recordei rapidamente de todas as pessoas e coisas que perdi por ainda não estar preparado para elas, ou por ainda ter muita curiosidade de mundo e dificuldade em ser permanente...

Recordei de amigos e parentes distantes, aqueles que eu sempre deixo pra depois porque moram muito longe ou acabaram se tornando pessoas muito diferentes de mim, sempre penso “mês que vem faço contato com eles”. E se não tiver mês que vem?..."

Tati Bernardi

Que mérito?


Que mérito há em amar os que nos amam?

Eça de Queiroz

quinta-feira

Querida,



Você vai parti, em breve. Eu consigo ver as pessoas ao seu redor, no ônibus enquanto você parte em direção a uma nova vida. mas eu preciso dizer. Coisas que não se dizem todos os dias, coisas miúdas guardadas na agenda desgastada na última gaveta do criado mudo. Eu poderia começar com um "Eu Te Amo", desses bem sentimentais e barulhentos. Mas não. Eu começo essa carta com um "Eu Te Odeio". Profundamente. Verdadeiramente. Eu te odeio por trazer o inverno para dentro de mim, por entrar na minha vida, bagunçar todos os meus nervos e embaralhar todos os meus pensamentos. Te odeio mais ainda por ter dedos. Cincos dedos. Olha que maravilha! Dedos manhosos que percorre, minha barriga causando um pequeno furacão em meu corpo todo.

Hoje de manhã eu vi as suas malas, ali no nosso canto da cozinha, meus olhos escorregaram para o seu livro favorito. Esse que você lê todos os dias antes de dormir. Foi aí que eu tive a ideia de esconder essa carta. Pra dizer que eu te odeio por me deixar assim, cheia de experiência e vazia de emoção. Levando (eu sei, que isso soara a coisa mais piegas do universo, mas me perdoa, cartas assim não são escritas todos os dias) o meu coração. Levando o que restou de mais precioso em mim , após todas as tempestades.

Mas antes de terminar essas palavras inúteis e cheias de nostalgia de um futuro que nunca aconteceu, eu preciso dizer a verdade, parar com essa mania boba de mentir, de querer de enganar. Eu sei que você sabe. Que você saberá. Que eu, assim, piegamente Je t'adore, assim, em francês mesmo, pra ficar mais brega ainda. Eu te amo e isso dói. Você vai com o verão, e eu fico aqui com o inverno, sem você. Só peço que volte. Com novas flores e cores. Eu espero você. Primavera.

terça-feira

Insônia


Um copo de coca-cola ao acordar, 6 xícaras de café, uma torrada com manteiga, meio omelete, um gosto esquisito na boca e a sensação de não estar realmente acordado.
Se seu dia começa assim, ele provavelmente nunca terminará. Pelo menos era a impressão que dava. Ou a impressão que ainda dá. A impressão que o dia não acaba nunca. Que o ano passa num dia só, um dia muito longo e você com a sensação de não estar exatamente acordado. De repente tudo está amortecido. Você não percebe quando começa, e não tem previsão de quando termina. O tempo passa de forma peculiar. Você vê o sol nascer. E vê o sol nascer de novo. E vê o sol nascer de novo, e vê o sol nascer de novo.
Você liga a cafeteira.
Você espera. Acorda de tarde na cama com a cafeteira desligada. Acorda quando todos os prédios estão com as luzes apagadas e você só ouve buzinas distantes de algum outro lugar onde há pessoas acordadas enquanto os prédios estão com as luzes apagadas ouvindo buzinas distantes de algum outro lugar onde há pessoas acordadas enquanto os prédios estão com as luzes apagadas. A impressão que o dia não acaba nunca.
Você não percebe quando começa, e não tem previsão de quando termina. Uma sensação constante de déjà vu. De repente tudo está amortecido, e você ouve as buzinas distantes, a geladeira, olha o calendário, pergunta a si mesmo se já não tinha olhado antes, porque tinha certeza que não era quarta-feira. Você faz notas mentais. Lembrar que é quarta-feira. Se o dia começar assim, ele provavelmente nunca terminará.
As buzinas se misturam com o zumbido que se mistura com o gosto ruim na boca que se mistura com o café que se mistura com o calendário. Quinta-feira.
Pelo menos era a impressão que dava. Você tenta se lembrar das notas mentais, porque tinha certeza que era quarta-feira. Não é exatamente confusão, não é exatamente preciso, e você não está exatamente acordado. Pelo menos era a impressão que dava. Ou a impressão que ainda dá.
Um copo de coca-cola, 3 xícaras de café, os ovos acabaram. Você faz notas mentais de que precisa comprar ovos. E lavar a louça. Sexta-feira.
Acorda a noite na cama com a cafeteira ligada. Acorda com a janela aberta e a luz da lua amortecida por outras luzes de prédios de algum outro lugar onde há buzinas e cafeteiras desligadas. O tempo passa de forma peculiar. As notas mentais se misturam com o zumbido que se mistura com o gosto de café na boca que se mistura com a janela aberta e você se pergunta se hoje ainda é quinta-feira. Tem ovos na geladeira. O tempo passa de forma peculiar. Domingo.
Para onde foi o sábado? Você se pergunta se foi ao mercado na sexta-feira.
A impressão que o dia não acaba nunca e você não está exatamente dormindo. A impressão é que o ano passa num dia só, um dia muito longo e você com a sensação de não estar exatamente acordado.
Estamos em 2010. Você não percebe quando começa, e não tem previsão de quando termina. Uma sensação constante de déjà vu. Domingo.
Você acorda quando quase todos os prédios estão com as luzes apagadas e você só ouve buzinas distantes de algum outro lugar mas vê uma janela com a luz acesa do outro lado com alguém olhando para fora. Você olha para fora, olha para o outro lado mais longe, com a janela acesa, e faz uma nota mental.

domingo

Cansaço


Um belo dia você acorda com uma dor no pescoço. Uma dor nas costas. Seus olhos ardem. Seus músculos ardem. Você tem dificuldades para se lembrar das coisas, você tem dificuldades para acordar. Você tem dificuldades para dormir, para engordar, ou emagrecer, dificuldades em chegar de um ponto ao outro, dificuldades em chegar ao ponto, você perde o ponto, perde tempo. ganha rugas. Os dias passam, você respira fumaça, bebe água contaminada. Queima a pele do seu rosto pelos raios catódicos do monitor, acende um cigarro, se pergunta até que idade você vai sobreviver. Pensa em se mudar para o interior. Pensa em parar de fumar. Pensa em comprar roupas novas. Pensa em matar alguém.

Um belo dia você acorda e se dá conta que está cansado. Você se cansa da cidade, dos carros, das luzes. Você se cansa do lixo, das pessoas, do barulho. Se cansa de não saber para onde ir, se cansa de não ter para onde ir e precisar ir para algum lugar. Você se cansa de não ter razão, de não ter caminhos, de não ter opções, se cansa de ver sua vida igual a de todos os outros, se cansa de ser de um rebanho sem pastor. Você se cansa de chefes, deuses, impostos, moda, dinheiro. Você se cansa da sensação de estar desperdiçando seu tempo, você se cansa de não ter tempo algum para desperdiçar.

Você se cansa de viver em um mundo onde quem não está desesperado, está louco. Você se desespera com medo de enlouquecer. Respira fundo, acende um cigarro. Você se cansa de não saber exatamente do que está cansado. Se cansa do "alguma coisa está errada" que paira sobre o ar desde uma época que você não se lembra. Se cansa das avenidas, das ruas, das alamedas, das praças, do sol, dos postes, das placas de sinalização, das buzinas.

Você se cansa de amores incompletos, de amores platônicos, de falta de amor, de excesso disso e daquilo. Se cansa do "apesar de". Se cansa do rabo entre as pernas, da sensação de estar sendo prejudicado, se cansa do "a vida é assim mesmo". Você se cansa de esperar, de rezar, de aguardar, de ter esperanças, cansa do frio na barriga, cansa da falta de sono.

Você se cansa da hipocrisia, da falsidade, da ameaça constante, se cansa da estupidez, da apatia, da angústia, da insatisfação, da injustiça, do frenezi, da busca impossível e infinita de algo que não sabe o que é. Se cansa da sensação de não poder parar.

E você não para, até que esteja morto.

quinta-feira

Não são os momentos que define uma vida


Aprendi que amizades verdadeiras não se definem apenas pelos momentos felizes que vivemos, mas principalmente por suas atitudes nos momentos difíceis. Aprendi que família, não são apenas vínculos sanguíneos, mas sim os laços afetivos que construímos no decorrer dessa nossa caminhada. Aprendi com a vida que, nem todos os sorrisos são de alegria e nem sempre as lágrimas são tristes. Que nem todos os obstáculos podem ser vencidos como os otimistas dizem, e nem sempre desistir é a única alternativa como acreditam os de pouca fé. Não cheguei ao fim de minha batalha, ainda tenho muito á aprender, e muitos conceitos á definir, mas de uma coisa tenho certeza, a vida ultrapassa qualquer teoria que nossa vã memória consiste em crer.


(Texto do blog Thoughts of a Teenager escrito por Milena Mascarenhas)

quarta-feira

Lá está ela


“Lá está ela, mais uma vez. Não sei, não vou saber, não dá pra entender como ela não se cansa disso. Sabe que tudo acontece como um jogo, se é de azar ou de sorte, não dá pra prever. Ou melhor, até se pode prever, mas ela dispensa.
Acredito que essa moça, no fundo gosta dessas coisas. De se apaixonar, de se jogar num rio onde ela não sabe se consegue nadar. Ela não desiste e leva bóias. E se ela se afogar, se recupera.
Estranho e que ela já apanhou demais da vida. Essa moça tem relacionamentos estranhos, acho que ela está condicionada a ser uma pessoa substituta. E quem não é?
A gente sempre acha que é especial na vida de alguém, mas o que te garante que você não está somente servindo pra tapar buracos, servindo de curativo pras feridas antigas?
A moça…ela muito amou, ama, amará, e muito se machuca também. Porque amar também é isso, não? Dar o seu melhor pra curar outra pessoa de todos os golpes, até que ela fique bem e te deixe pra trás, fraco e sangrando. Daí você espera por alguém que venha te curar.
Às vezes esse alguém aparece, outras vezes, não. E pra ela? Por quem ela espera?
E assim, aos poucos, ela se esquece dos socos, pontapés, golpes baixos que a vida lhe deu, lhe dará.
A moça – que não era Capitu, mas também têm olhos de ressaca – levanta e segue em frente.
Não por ser forte, e sim pelo contrário… Por saber que é fraca o bastante para não conseguir ter ódio no seu coração, na sua alma, na sua essência. E ama, sabendo que vai chorar muitas vezes ainda. Afinal, foi chorando que ela, você e todos os outros, vieram ao mundo.”

Caio Fernando Abreu

terça-feira

Who I are


Eu fico olhando para meu reflexo no espelho e penso: Por que estou fazendo isso comigo mesmo? Perdendo minha cabeça com pensamentos sobre nós dois, juntos, em uma só alma. Por que eu ainda penso? Sendo não há possibilidade de nada. Eu estava perto de deixar meu verdadeiro "eu" na prateleira, até que você aparece em minha vida e a muda completamente, muda os meus planos. Mas de uma coisa eu sei, não posso perder quem eu sou no borrão das estrelas. Tudo bem não estar bem, às vezes é difícil de seguir o coração, todo mundo se machuca. Mas eu sei que isso logo passa, porque tudo o vento o leva, leva a dor que você deixou em meu peito, leva o amor que sentia por você, sim ele leva. Escovando meu cabelo, pareço perfeito? Esqueci o que fazer para me encaixar no molde, quanto mais eu tento, menos isso funciona, porque tudo dentro de mim grita: não, não, não, não. Lágrimas não significa que estou perdendo, muito pelo contrário, só mostra o quão verdadeiro era o que eu sentia por você, mas infelizmente para você não era o suficiente, infelizmente. Agora basta você ir, vai embora e me deixe só, assim que eu estive toda essa vida, agora não fará diferença, vá e me deixe sozinho! Mas saiba de uma coisa, eu nunca vou esquecer quem eu sou, não vou me perder no borrão das estrelas.

(Who You Are - Jessie J | Modificada)

segunda-feira

O silêncio da sabedoria


Nós vivemos em um universo que é, ao mesmo tempo, gigantesco o suficiente para nos envolver e pequeno o bastante para caber em nosso coração. Na alma do homem está a alma do mundo, o silêncio da sabedoria. Tudo em nós funciona perfeitamente bem e em harmonia com a natureza. O que há de bonito no dia de hoje? Procure reparar, porque esta é a melhor imagem de você mesmo. Deus está em nosso cotidiano, espera que notemos Sua presença. Toda manhã, Deus nos mostra o Seu sorriso. As nuvens que estão ocupando, neste momento, o céu de sua alma vão passar. O sol, que às vezes se esconde por detrás das nuvens, não passa nunca.

Paulo Coelho

A Pessoa Errada


Pensando bem, em tudo o que a gente vê, e vivencia, e ouve e pensa, não existe uma pessoa certa pra gente. Existe uma pessoa que, se você for parar pra pensar é, na verdade, a pessoa errada. Porque a pessoa certa faz tudo certinho. Chega na hora certa, fala as coisas certas, faz as coisas certas. Mas nem sempre a gente tá precisando das coisas certas. Aí é a hora de procurar a pessoa errada. A pessoa errada te faz perder a cabeça, fazer loucuras, perder a hora, morrer de amor.
A pessoa errada vai ficar um dia sem te procurar que é pra na hora que vocês se encontrarem a entrega ser muito mais verdadeira. A pessoa errada, é na verdade, aquilo que a gente chama de pessoa certa. Essa pessoa vai te fazer chorar, mas uma hora depois vai estar enxugando suas lágrimas. Essa pessoa vai tirar seu sono, mas vai dar em troca uma noite de amor inesquecível. Essa pessoa talvez te magoe, e depois te enche de mimos pedindo perdão. Essa pessoa pode não estar 100% do tempo ao seu lado, mas vai estar 100% da vida dela esperando você. Vai estar o tempo todo pensando em você.
A pessoa errada tem que aparecer pra todo mundo porque a vida não é certa, nada aqui é certo. O que é certo mesmo, é que temos que viver cada momento, cada segundo... amando, sorrindo, chorando, emocionando, pensando, agindo, querendo, conseguindo. E só assim é possível chegar àquele momento do dia em que a gente diz: " Graças à Deus deu tudo certo".
Quando na verdade Tudo o que Ele quer é que a gente encontre a pessoa errada pra que as coisas comecem a realmente funcionar direito pra gente...
Nossa missão: Compreender o universo de cada ser humano, respeitar as diferenças, brindar as descobertas, buscar a evolução.

Luiz Fernando Veríssimo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...