sábado

Terra do Nunca


Resolvi fugir de casa para sempre amém.
Acordei e pus a mochila nas costas. Dentro dela, uma lata de ervilhas, uma maçã e um livro. Destino? Não.
Nada importa agora; nem pessoas, nem casa e nem comida. Serei anti social até o pôr do sol. Sei caminhar até o portão de casa. Depois disso, a estrada é completamente desconhecida.
Na cozinha, encontrei minha mãe.
- Vou fugir de casa para sempre – disse.
- Quando voltar toque a campainha, meu filho.
No caminho até a porta, perguntei-me qual parte do “para sempre” ela não compreendera. Passei do portão, enfim. A chuva começou. Com ela, os trovões. Com eles, meu medo.
Virei-me e hesitei por exatos três segundos em apertar a campainha. Meu lado racional insistia em não fazê-lo, mas como sempre foi vencido pela emoção. Ouvi o barulho do portão sendo destravado e corri imediatamente para os braços de minha mãe.
- Eu estava fugindo para a Terra do Nunca, mãe.

Henrique de Paiva Resende


Quando eu li esse texto, logo de primeira impressão, eu achei engraçado, porque em tudo tento encontrar humor e divertir com o tal. Mas depois que o li novamente, achei de certa forma um pouco triste, porque me vi em alguns pontos, pontos esse que no momento em que faltou coragem no personagem com continuar na sua fuga, falta coragem em mim para correr atrás do que almejo, e isso é triste sim. Ir em busca da Terra do Nunca não é algo impossível, talvez seja, mas aos olhos de quem não sonha ou não sabe sonhar. Cada um tem pra si um tipo de "Terra do Nunca", basta acreditar e ir. É estranho eu falar isso, justo eu que não tenho coragem, mas é a verdade.

segunda-feira

You're gone ...


Imagens nossas espalhadas pelo chão, procuro o telefone porque eu não consigo lutar mais e eu me pergunto se eu passo pela sua mente como você passa pela minha. São uma e quinze, estou completamente só e eu preciso de você agora. Disse que eu não ligaria, mas eu perdi todo o meu controle. Eu não sei como sobreviver...

Você se foi sem ao menos dizer um Adeus. Eu sei que tenho um coração inconstante e amargura, um olhar errante e peso na minha cabeça. Mas você não se lembra, ou lembra? A razão que me amou antes, por favor lembra de mim mais uma vez. Sinto que você está me apagando completamente da sua memória; muitas vezes penso onde eu errei, e quanto mais eu penso, menos eu sei. Eu não sei porque eu estou assustado, já senti isso antes. Cada sentimento, cada palavra...

Nunca tinha sido um garoto acostumado a chorar, não demostrava emoções, não sei porquê, não queria sentir a dor interna, eu acho. Mas como os anos tem passado, você veio e mudou minha mente.

Eu ainda acho que poderíamos... porque eu e você, somos bons. Eu poderia oferecer a você um abraço caloroso para fazer você sentir o meu amor. Eu poderia fazer você feliz, fazer os seus sonhos se tornarem realidade, mas você se foi, sem ao menos dizer Adeus...


Mistureba de algumas músicas de Adele

sábado

Alguém como você


Eu ouvi dizer que você está estabilizada, que você encontrou um garoto e está casada agora; eu ouvi dizer que os seus sonhos se realizaram, acho que ele lhe deu coisas que eu não dei. Velha amiga, por que você está tão tímida? Não é do seu feitio se refrear ou se esconder da luz. Eu odeio aparecer do nada sem ser convidado, mas eu não pude ficar longe, não consegui evitar. Eu tinha esperança de que você veria meu rosto e que você se lembraria que pra mim não acabou. Deixe para lá, eu vou achar alguém como você, não desejo nada além do melhor para vocês dois. Não se esqueça de mim! Vou lembrar de você e dizer:"Às vezes o amor dura, mas, às vezes, fere"

Pra você ver como o tempo voa, ontem mesmo foi o momento de nossas vidas; nós nascemos e fomos criados numa neblina de verão unidos pela surpresa dos nossos dias de glória. Eu odeio aparecer do nada sem ser convidado, mas eu não pude ficar longe, não consegui evitar. Nada se compara, nenhuma preocupação ou cuidado, arrependimentos e erros, são feitos de memórias. Quem poderia ter adivinhado o gosto amargo que isso teria? Mas deixe para lá, eu ainda vou achar alguém como você...

Adele - Someone Like You


Eu tinha que fazer um post com a letra dessa música, porque simplesmente eu não tenho palavras para descrever o que essa música diz, aliás, ela já disse por mim.

sexta-feira

Decisões e Mudança


Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassar qualquer entendimento.
Clarice Lispector

Escolhi essa frase para fazer esse post, porque ela é a que mais defini o meu momento, momento esse onde eu preciso acordar, botar o pé no barranco (como dizem os meus pais) e decidir o que eu quero pra minha vida. Parar de permitir que decidem por mim, "porra", a vida na verdade é de quem? Confesso que em certas decisões eu tenho medo, mas "caralho", preciso enfrentar esse medo, ou caso contrário viverei assim, em cima do muro, no meio termo, tudo no meio. Preciso de mais, tudo no topo, assim talvez, eu esteja satisfeito.

E para encerrar o meu post, coloco mais uma frase da Clarice: "Minha força está na solidão. Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite." Assim eu estarei em... 3... 2...1...

quinta-feira

Namore um cara que escreve


       Namore um cara que escreve, porque ele sempre terá em mãos um poema feito a mão, com sua letra, para recitar para você enquanto você deita em seu colo sob o seu olhar. Porque ele sempre terá em pensamentos, histórias fresquinhas pra passar para o papel e lhe dar para que leia, tenha certeza do que estiver escrito lá terá sentimentos, afinal, foi pensando em você que escreveu ela. Namore um cara que escreve, porque ele também ler e se ler, ele sempre terá uma histórias românticas para lhe contar. Um cara que escreve, fará histórias de aventuras para contar aos seus filhos, um cara que escreve ele se preocupa com o próximo, porque em suas histórias seus personagens são atenciosos com sua alma gêmea e seus personagens reflete no que ele é. 

Baseado no texto "Namore uma menina que lê"

quarta-feira

Ela Será Amada

Rainha da beleza de apenas 18 anos, ela tinha alguns problemas com si mesma, ele sempre estava lá para ajudá-la e ela sempre pertenceu a outra pessoa. Eu dirigi por milhas e milhas e acabei em frente a sua porta, eu tive você por tantas vezes, mas de algum jeito, eu quero mais. Eu não me importo de passar todos os dias do lado de fora, na esquina da sua casa, na chuva. Dê um toque na minha janela, bata na minha porta, eu quero fazer você se sentir bonita, eu sei que eu tendo a ficar tão inseguro, mas isso não importa mais. Nem sempre são arco-íris e borboletas, é o compromisso que nos move juntamente. Meu coração está cheio e minha porta sempre aberta, você pode vir qualquer hora que quiser. Eu sei onde você se esconde, sozinha no seu quarto, sei todas as coisas que fazem você ser quem é, eu sei que adeus não significa nada. Volta e me pede pra que a segure toda vez que cair, por favor, não se esforce tanto pra dizer adeus.

(She will be loved - Maroon 5)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...