domingo

Apenas a vida


Eu não espero ter uma vida perfeita como nos filmes, novelas, livros e afins, porque são tudo imaginação de pessoas que também queriam ter aquilo, acredito eu. E por meio destes, conseguem nem que seja o prazer. 

O que eu espero é ter a minha vida, só isso, do jeito que me caber viver, seja de forma perfeita como nos filmes, ou de forma linda e feliz com o tempero de suas imperfeições, como em uma possível realidade. Quero a minha casa, um café da manhã na cama trazido por alguém que te ama. Uma profissão que tanto almejo. Uma chácara nos finais de semana para distrair do drama da cidade grande. Um chá a tarde e um vinho apreciado em uma noite fria sob a Lua. 

Quem ler isso pensa: que clichê! Mal sabem essas pessoas, o prazer que eu encontro nisso, porque são simples e não precisa de muito. Não quero muito, apenas quero isso, alguém para amar, um café ou um chá, um lugar pra morar do nosso jeito, com o nosso tempero. Quero apenas a vida, porque sei que ela é linda, só ainda não experimentei.

Teardrop


Amor, amor é um verbo
Amor é uma palavra em movimentoDestemida em minha respiraçãoImpulsão gentilMexe comigo e me deixa mais leve
Noite, noite da matériaFlores negras desafloramDestemida em minha respiraçãoFlores negras desafloram
A água é meu olhoEspelho mais fielLágrima no fogo da confissãoDestemida em minha respiraçãoLágrima no fogo...
Teardrop - Massive Attack

sexta-feira

Dessa vez, esse não é para você


Dessa vez, esse não é para você, não é sobre "amor", quer dizer, pode até ser, mas sobre o meu enorme amor por mim. Dessa vez, eu escrevo para mim. Escrevo dizendo para eu acordar, e acordar mesmo, abrir os olhos e  passar a enxergar o que eu realmente preciso ver, não só o que quero ver. Começar a correr e correr muito, porque o tempo não para e já se passou muito. Começar a fazer escolhas, sejam elas erradas, certas, na mosca, mas fazer escolhas, mas não viver mais como um vegetal, passar a ter uma função, passar a fazer o que eu realmente vim fazer e eu sei lá o que eu vim fazer. É exatamente isso, descobrir...
Viver na linha, mas viver, viver loucamente dentro das proporções permitidas, mas viver. Sentir tudo que tiver que sentir e que sejam sentimentos bons. Namorar o tanto que eu conseguir namorar e que seja namoro limpo, que nada e nem ninguém se saia machucado, jogar limpo, viver limpo. 
A partir de agora, viverei pra mim, já vivi vidas demais e não vivi nada. É como diz na música de Nelly Furtado: "E eu tenho vivido tantas vidas, porém não sou velha...". Que a partir de agora eu viva o que deva viver, que eu sinta o queira sentir, que eu seja o que eu queira ser. Se todo mundo vai gostar desse meu novo eu? Sei não, mas foda-se. Quem se importa? Vocês se importam? RISOS.
Por fim, não vou esperar sempre com que me façam sentir bem, com que eu seja especial na vida, que eu seja amado, afinal, nunca me sentir assim, nunca me fizeram sentir assim. Vou acordar decidido a me amar profundamente a cada dia. Viverei de cultura, de livros, de músicas, de filmes, viverei daquilo que me faz bem. Ah, não vou esquecer dos meus verdadeiros amores: meus cachorros e minha gatinha linda. O que mais preciso para me sentir realmente amado? E que seja doce e eterno cada dia desses que vir. Ah Meu deus, já ia me esquecendo dos meus futuros filhos, viverei melhor por vocês, viverei só para conhecê-los e tê-los pra mim. Amém, Senhor! 

Texto escrito sob o som de Try - Nelly Furtado
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...